Ouvir
Aconchego

"Quem estuda tem casa. Quem tem casa tem companhia" é o lema do Aconchego, programa inovador criado em 2004, como resultado de uma parceria entre a Câmara do Porto e a Federação Académica do Porto (FAP Social).


Assenta numa ideia simples, de natureza intergeracional, que dá resposta a duas necessidades, aparentemente sem um denominador comum: do combate à solidão e/ou isolamento de pessoas idosas; e de acolhimento de estudantes do ensino superior, consistindo este programa no alojamento de jovens universitários em habitações de pessoas idosas residentes no concelho do Porto.


Os idosos retribuem a companhia com alojamento e os estudantes compensam o alojamento com companhia e apoio e, juntos, recolhem uma riqueza sem preço: os afetos. Os estudantes contribuem de forma simbólica com géneros, que podem ser alimentares, para comparticipar no acréscimo de despesas como água, luz e gás.


O acompanhamento e avaliação do programa são da responsabilidade do Departamento Municipal de Coesão Social da Câmara do Porto.


O programa Aconchego é dirigido a:

> Pessoas com mais de 60 anos, residentes na cidade do Porto, que vivam só ou com o cônjuge, em situação de solidão e/ou isolamento social, e possuam condições na sua residência para o acolhimento de um estudante

> Estudantes matriculados no ensino superior, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos de idade, não residentes no Porto e que queiram comprometer-se com o acompanhamento e melhoria da qualidade de vida da pessoa idosa


O programa decorre de acordo com o calendário letivo, durante a semana de segunda-feira a sexta-feira, sendo o período de fim de semana facultativo.


Pelo seu caráter inovador e de empreendedorismo social, mas também pelo seu impacto na vida das pessoas e da comunidade, o programa Aconchego já foi várias vezes premiado, tanto a nível nacional como internacional. Em 2010, no âmbito do concurso This is European Social Innovation, promovido pela Comissão Europeia - Eurocities, foi galardoado pelo seu potencial inovador e de empreendedorismo social. Em 2012, foi distinguido com o selo de Iniciativa de Elevado Potencial de Empreendedorismo Social, atribuído pelo Instituto de Empreendedorismo Social.


Em 2018 foi selecionado como uma boa prática smart to-do/Ageing Summit, pela Santa Casa da Misericórdia do Porto; e em outubro desse mesmo ano foi reconhecido, no Canadá, como uma “age-friendly housing practice”, pela Organização Mundial de Saúde, que premeia o trabalho realizado em prol do envelhecimento saudável em contexto domiciliário.


A implementação do programa na cidade do Porto tem-se revelado um sucesso, o que levou ao registo da marca da qual a Câmara do Porto é detentora.


Devido à sua crescente visibilidade e sucesso, várias organizações da sociedade civil têm demonstrado interesse em proceder à replicação do programa Aconchego noutros concelhos e cidades do país, como acontece no município de Mirandela onde está a ser implementado.



Anexos
Clique no ficheiro para fazer o download